terça-feira, 27 de outubro de 2009

Sonhos sonhos são...

Eu ando mesmo muito estranha. Às vezes parece que tenho 70 anos. Outras vezes, me vejo com 17. Eita.

Tive o sonho mais estranho. Estranho mesmo. Porque quando a gente sonha com uma pessoa que já sabia que estava na nossa cabeça, não é estranho. No fundo, o que a gente sonha já está lá em algum lugar no cantinho da nossa mente, o tio Freud já explicou isso muito bem, há mais de 100 anos atrás. Então sonhar com alguém que você sempre soube que queria é normal. O que assusta é quando você sonha com o inusitado. Com alguém pra quem você nunca tinha olhado diferente. Oh, céus, é assustador quando aquilo que desejamos e não sabemos vem à tona.

Socorro. Acho que estou pirando. Todos os meus outros sonhos estranhos assim pela vida deram ou quase deram em merda. Tenho um histórico desses sonhos. E daí eu meto isso na cabeça e pronto... fudeu. Não tinha olhado nunca pra pessoa, nem tinha tomado conhecimento. Pois é só sonhar que estou perdida.

E sonhei esta noite. Ou seja, hoje é o dia da descoberta. Medo. Medinho.

Um comentário:

disse...

Nums e faz isso com a pobre descendente da Pandora aqui... eu fico doida querendo saber quem é!!!